A Abordagem Participativa da Liderança

Existem muitos tipos diferentes de liderança, e o estilo que você escolhe pode aumentar suas chances de sucesso. Pesquisas mostram que a liderança participativa geralmente é mais produtiva do que modelos autoritários.

O que é exatamente liderança participativa? É uma forma de governança que compartilha o poder e incentiva as opiniões. Estudos de gestão mostram que pode melhorar os resultados e aumentar a satisfação e a moral do trabalho. É a diferença entre dar ordens e construir consenso.

Por exemplo, considere duas abordagens diferentes para um problema na produção em que é necessário tomar uma decisão. Talvez uma interrupção de um item que está sendo produzido em uma máquina que atenderia uma urgência do cliente, mas geraria outros atrasos e aumento do scrap. O gestor líder de uma empresa mais autocrática pode tomar a decisão de interromper a produção e atender o cliente. Fez isso sozinho, sem consultar sua equipe. Parece ser a decisão certa, não é mesmo?

Por outro lado, um líder participativo formaria uma reunião extra e breve com membros da equipe e especialistas (poderia inclusive incluir operadores) envolvidos para achar um outro caminho técnico que atenderia o cliente e não interrompesse o bom desenvolvimento da produção. É possível achar soluções assim. Já achei várias vezes.

Mas supondo que a equipe chegue a conclusão que a primeira opção ainda é a mais indicada, será que foi perda de tempo chamar os envolvidos para buscar uma alternativa? Na minha experiência, não! Ao participarem da decisão, ficou mais fácil para eles aceitarem ou pelo menos entenderem a interferência na produção que gerará consequências no trabalho deles.

Aprender a ser um líder mais colaborativo pode ajudar seus relacionamentos e sua carreira.  Separei estas sugestões a seguir para aumentar sua liderança participativa.

Maximizando as vantagens da liderança participativa:

  1. Ganhe confiança.  Para que um local de trabalho participativo floresça, os colegas precisam confiar em seu líder e uns nos outros. Isso requer confiança no caráter e habilidades um do outro. Sinceridade e transparência são essenciais.
  2. Fique junto.  A comunicação próxima une uma equipe.  Os colaboradores são mais propensos a desenvolver relações profissionais fortes e saudáveis e talvez até socializar mais fora do trabalho.
  3. Aumente o engajamento.  De acordo com pesquisas recentes da Gallup, o engajamento dos funcionários é o menor em 20 anos. 54% dos empregados dizem que estão psicologicamente desapegados ao seu trabalho e fazem o mínimo. Dar aos funcionários uma voz maior pode aumentar seu comprometimento.
  4. Celebre a diversidade.  Um dos maiores pontos fortes da liderança participativa é receber contribuições de membros da equipe com uma variedade de talentos e origens. Abordar desafios de muitas perspectivas diferentes geralmente cria soluções mais eficazes.
  5. Recompense a inovação.  O livre fluxo de ideias é outro benefício. Quando você cria um ambiente seguro para discussão, os funcionários são mais propensos a propor ideias que possam ajudar o seu negócio. Recompense ou reconheça a colaboração.

Como superar de obstáculos à liderança participativa:

  1. Esclareça sua visão.  Motivar e inspirar sua equipe torna-se ainda mais importante quando você espera que eles façam contribuições maiores. Você precisa de uma missão clara que atraia as emoções dos funcionários e os valores fundamentais. Ter uma conversa com cada membro da equipe com regularidade e fornecer recursos adequados também ajuda.
  2. Ensine habilidades de comunicação.  Com tanto foco na discussão, os colaboradores podem precisar trabalhar suas habilidades de comunicação, incluindo escuta ativa e compartilhamento de feedback construtivo. Ofereça sessões de treinamento e poste lembretes úteis ao redor do escritório. Use jogos e exercícios para tornar o aprendizado divertido e memorável.
  3. Plano para atrasos.  Outra desvantagem comum é a maneira como as decisões em grupo geralmente demoram mais. Você pode precisar de um processo alternativo quando estiver lidando com assuntos sensíveis ao tempo.
  4. Forneça estrutura.  O planejamento com antecedência também pode acelerar as discussões. Circule uma agenda antes das reuniões, para que os participantes venham preparados e se atenha ao assunto. Contrate um facilitador profissional ou use um membro da equipe.
  5. Estabeleça limites.  O modelo participativo funciona melhor com questões em que sua equipe tem pelo menos um nível mínimo de experiência. Você pode ter que limitar a entrada em alguns assuntos para aqueles que cumprem certas qualificações.
  6. Lidar com a dissidência.  Nem sempre é possível alcançar o consenso. Depois dos votos da sua equipe, o que você diz aos membros que estavam em minoria? Fique claro desde o início que cada funcionário precisa estar totalmente comprometido em apoiar a decisão final.
  7. Seja decisivo.  Mesmo no local de trabalho mais democrático, haverá impasses ou decisões que não são adequadas ou que chegam a um impasse. Você ainda precisará assumir a responsabilidade de resolver questões sensíveis que afetam a produção ou o andamento da sua empresa.

Você pode desenvolver suas habilidades de liderança participativa com a prática. Use-os para avançar em sua carreira e tornar seu trabalho mais significativo.

Até o próximo artigo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima